Three young architects working together
Empreendedorismo | Negocio

Como começar um negócio em Angola? ( Passo a Passo)

Como começar um pequeno negócio em Angola? Então você quer começar o seu próprio negócio? Se você pensou nisso, é provável que seja apaixonado por algo, ou que tenha um certo domínio ou conhecimento nalguma matéria, ou talvez você descobriu uma maneira de preencher uma necessidade no mercado. Ou talvez você simplesmente cansou de ser…

Como começar um pequeno negócio em Angola?
Então você quer começar o seu próprio negócio?

Como começar um pequeno negócio em Angola?

Então você quer começar o seu próprio negócio?

Se você pensou nisso, é provável que seja apaixonado por algo, ou que tenha um certo domínio ou conhecimento nalguma matéria, ou talvez você descobriu uma maneira de preencher uma necessidade no mercado.

Ou talvez você simplesmente cansou de ser um empregado.

Independentemente de qualquer que seja o seu interesse, de certeza que existe uma forma de transformá-lo num negócio.

Atenção, eu disse “negócio” e não empresa… Você não precisa de uma “empresa” para ter um pequeno negócio.

Mas vou já lhe avisando que esta não será uma jornada fácil, começar um negócio requer muito investimento, de esforço, trabalho duro e principalmente de tempo, a jornada para se tornar um empreendedor é uma das mais difíceis que existem.

Mas se o seu negócio sobreviver, e você conseguir transformá-lo em empresa, a recompensa por ter enfrentado os obstáculos encontrados pelo caminho é extremamente gratificante.

Há muito o que considerar antes de você lançar o seu negócio, enviando mensagens a todas as pessoas que você conhece dizendo o que pretende oferecer.

Antes mesmo de dar o primeiro passo, leia o artigo “O que fazer antes de começar um negócio”.

Se você já leu o artigo “O que fazer antes de começar um negócio” e está completamente convicto de que está preparado para ser um empreendedor, então continue comigo.

A seguir, vou lhe mostrar um passo a passo de como começar o seu negócio em Angola da melhor forma possível.

Encontre a sua ideia de negócio

In search of great idea

Este é com certeza o passo em que mais da metade das pessoas que sonham em ser empreendedoras ficam presas.

De fato, a razão pela qual a maior parte das pessoas não consegue começar um negócio é porque elas simplesmente acreditam que não têm uma boa ideia de negócio.

Acontece que isto é apenas uma barreira mental, muitas das vezes criada pela própria pessoa — barreira pela qual você pode facilmente transpolar, se você se focar em uma área: suas capacidades.

Que habilidades você tem?

Inspector evaluating work of repairing engineer at plant

O que é que você sabe, e sabe bem? Tipo bem mesmo? Estas são as habilidades e conhecimentos que você adquiriu ao longo da sua trajetória.

Pense da seguinte forma: você comumente paga por conhecimento ou informação a todo tempo ( ex: aulas de inglês, cursos, cursos universitários, aulas de guitarra, piano e etc). Por mais impensável que pareça, você pode ser um desses professores também.

Na verdade foi assim que Carlos “Wizard” Martins, autor do livro desperte o milionário que há em si e fundador da Wizard começou.

Dando aulas de inglês no seu apartamento depois do horário de trabalho, hoje é um dos homens mais ricos do Brasil.

O que os seus amigos dizem que você sabe fazer?

Para além de ser um questão que pode aumentar o seu ego, ela também é bastante reveladora.

Envie uma mensagem aos seus amigos perguntando “no que você acha que eu sou bom?” A resposta dada pode se tornar numa ideia de negócio.

Por quais serviços você atualmente paga?

Paying in cafe

Você nem precisa espremer o seu cérebro para tentar descobrir o seu talento ou habilidades, ao invés disso você pode analisar as coisas pelas quais você já paga.

Nós pagamos para que sejam feitas diferentes coisas. Nada impende você de transformar uma dessas coisas num negócio.

Se você conseguir pensar em 2 à 4 respostas para cada uma dessas questões, no final você terá 6 à 12 ideias de negócio.

Selecione o seu nicho.

Existem literalmente 6 categorias de negócio que você pode estabelecer, oferecer, ou trocar por dinheiro e gerar lucro para si.

O primeiro passo a ser dado, é definir em qual categoria o seu negócio será baseado, sendo elas: serviços, expertise (conhecimento), Vendas, educação, experiência, e entretenimento.

5. Experiência: acampamentos, guia de viagens, serenatas

6. Entretenimento: organização de eventos, realização de festas, shows, stand up comedy, canções, truques de magia.

Refine a sua ideia.

Jeweler polishing jewelry

Depois de você ter selecionado o seu nicho de mercado, é importante lapidar a sua ideia, separar imediatamente o que pode funcionar do que não funcionará de jeito nenhum.

Para você ter uma ideia do que já funciona você pode “espiar a concorrência”.

Faça uma breve pesquisa nas empresas presentes na sua indústria de escolha.

Aprenda o que as marcas líderes no seu mercado estão fazendo, e descubra como você pode fazer melhor e mais rápido.

Se você acredita que o seu negócio é capaz de produzir o que outros não consegues produzir, ou você acredita que consegue entregar o mesmo produto, mas mais barato e rápido, você definitivamente tem uma ideia de negócio sólida.

Comece com o seu PMV (MVP).

Se você leu o artigo “O que fazer antes de começar um negócio”, você provavelmente já sabe o que é um produto mínimo viável.

Para ter certeza de que o seu negócio será sustentável, você não precisa de ter todos os serviços ou todas as funcionalidades completas, basta ter apenas o “core”, ou seja basta ter apenas a funcionalidade ou as funcionalidades mais básicas e essenciais.

Tendo já um protótipo, avance com o mesmo.

Avalie as suas finanças.

Dad giving coins to his daughter

Começar qualquer tipo de negócio tem um preço, entretanto você precisa determinar como tais custos serão cobertos. Você tem os fundos para financiar a sua aventura, ou está contando com o capital de outrem?

Se você pretende largar o seu emprego atual para se focar única e exclusivamente no seu negócio, é imprescindível que você detenha um mínimo de capital necessário para bancar as suas despesas até que o seu negócio se torne lucrativo, e para descobrir isso, você precisará analisar os indicadores do mercado.

Vários expertes concordam que muitas das vezes vários negócios falham porque acabam ficando sem capital, tanto para remunerar funcionários, como para pagar fornecedores.

Não seria má ideia você superestimar o montante que será necessário até que o negócio se torne lucrativo.

Se você tem em mãos uma ideia bilionária, mas se vê totalmente desprovido de qualquer capital, você pode considerar buscar financiamento/investimento, através de bancos, sociedades de microcrédito, investidores anjos ou empresas de investimento como a KAINVEST.

Encontre clientes que paguem.

african american man buying wok at food truck

Encontrar os seus primeiros clientes não precisa de ser uma tarefa maçante e não prazerosa, você apenas precisa de se recordar que a maior parte da competição presta um serviço terrível, principalmente em Angola.

A competição presta um serviço tão precário que se você aumentar a sua performance em 1%, você estará automaticamente a 99,9% de distância da concorrência.

Tenha o preço perfeito.

Estabelecer o preço é a parte mais confusa do negócio, e geralmente surgem nas nossas mentes questões como “será XXX$ por hora muito caro? Ou muito barato?

Para resolver de uma vez por todas essa dor de cabeça, experimente as seguintes ideias:

Pegue o salário ou renda (realista) que você deseja almejar, remova três zeros e vóilà, você tem o seu preço por hora.

Suponhamos que você deseja ganhar pelo menos 3,200,000 akz por ano, remova os três últimos zeros e você terá a taxa de 3,200 akz/hora.

Dobre o seu preço mínimo: por qual mínimo de dinheiro você faria o seu trabalho?

Digamos que você trabalharia no mínimo por 1,200 akz/hora, dobre este número e agora você cobrará 2,400 akz/hora.

Cobre o que outros cobram: este método é extremamente simples, você só precisa de igualar o seu preço ao preço da concorrência, mas certifique-se de se distinguir na qualidade do seu serviço/produto.

Escolha um desses métodos para começar. Com o tempo você saberá se está cobrando o suficiente ou se está deixando dinheiro na mesa.

Determine a sua estrutura legal.

Antes de você poder registar a sua empresa ou negócio, você precisa decidir qual será a estrutura legal do seu negócio.

Se você é dona de todo o negócio, e pretende ser a única responsável por toda e qualquer obrigação, você pode optar por registar o seu negócio em nome individual.

Se você pretende separar as suas responsabilidades pessoas das responsabilidades da sua empresa, talvez você deva considerar formar uma sociedade limitada.

Em última análise, depende inteiramente de si determinar que tipo de entidade será melhor para as suas atuais necessidades e futuras metas de negócio.

Construa o seu time.

Black man using laptop amidst colleagues

Ao menos que você deseja ser o seu único empregado, você precisará contratar um time excelente para fazer o seu negócio decolar.

“O seu produto é feito por pessoas, os seus serviços são prestados por pessoas”.

Identificar o seu time de fundação, entender os “furos” que existem, e determinar como e quando os desafios serão endereçados deve ser uma das suas prioridades.

Descobrir como o time irá trabalhar em conjunto é igualmente importante. Definir os papéis e responsabilidades, divisões de trabalho, como dar feedback ou descobrir como todos irão trabalhar em conjunto mesmo não estando no mesmo local, irá poupar-lhe de muitas frustrações no futuro.

Construa a sua marca e anuncie o seu negócio.

Antes de começar a vender o seu produto ou serviço, você precisa construir a sua marca… Criar uma sensação de antecipação e escassez, desta forma, quando as portas forem abertas, você terá de imediato pessoas preparadas para comprarem enlouquecidamente com os preços. (dica: pense na blackfriday)

Crie um logotipo que faça com que as pessoas facilmente identifiquem o seu negócio.

Use as redes sociais e canais de comunicação para espalhar a mensagem. Considere usar cupons de desconto ou códigos promocionais para oferecer aos seus fiéis seguidores antes do lançamento.

Para descobrir mais ideias de marketing e branding leia os artigos “16 estratégias de marketing (baratas) que funcionam em qualquer mercado, e Branding — o que é e como fazer.

Aplique técnicas de growhacking ao seu negócio

O lançamento do seu negócio e as primeiras vendas são apenas parte do princípio da amálgama de tarefas que devem ser executadas.

Para manter o barco a velejar e os lucros a fluir, você precisa de fazer o seu negócio crescer.

Vai levar tempo e esforço, mas como diz o velho princípio da natureza, nada pode ser criado ou destruído, apenas transformado em outra coisa.

Entretanto o tempo e esforço implantando no seu negócio serão transformados em sucesso. Você colherá o que plantou.

Colaborar com marcas já estabelecidas na sua indústria é um excelente forma de fazer o negócio crescer.

Estabeleça contato com outras empresas ou até mesmo bloggers influentes (como eu) e tente negociar algum tipo de promoção em troca de amostras grátis do seu serviço ou produto.

Invista em si mesmo

Uma das atividades constantes de um empreendedor é o investimento contínuo em si mesmo.

O investimento pode ser feito dedicando-se uma quantia de tempo semanal as habilidades que todo e qualquer empreendedor deve dominar, como marketing, vendas, networking e persuasão, para citar algumas.

Então, por qual passo você pretende começar o seu negócio? Deixe-me saber nos comentários.