Marketing department
Educação | Empreendedorismo

Marketing digital: definição, o que é, estratégias e exemplos

O que é Marketing Digital? Uma Resposta Simples Perguntar o que é marketing digital, para mim, é como perguntar a alguém o que é “engenharia”. Apesar de haver uma definição padrão de engenharia, sabe-se que existem diversos ramos de engenharia. Neste artigo aqui, Vitor Peçanha, fundador e CEO da Rock Content, uma das maiores empresas de…

O que é Marketing Digital? Uma Resposta Simples
Perguntar o que é marketing digital, para mim, é como perguntar a alguém o que é “engenharia”.

Apesar de haver uma definição padrão de engenharia, sabe-se que existem diversos ramos de engenharia.

O que é Marketing Digital? Uma Resposta Simples

Perguntar o que é marketing digital, para mim, é como perguntar a alguém o que é “engenharia”.

Apesar de haver uma definição padrão de engenharia, sabe-se que existem diversos ramos de engenharia.

Neste artigo aqui, Vitor Peçanha, fundador e CEO da Rock Content, uma das maiores empresas de marketing digital diz que:

“Marketing Digital é o conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa online com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca”.

Dentre as suas principais estratégias estão o SEO, Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo”.

(Repare que Vitor Peçanha se refere ao SEO, Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo como “estratégias de marketing digital”.)

E se olharmos para o wikipédia, percebemos que “Marketing digital são ações de comunicação que as empresas podem utilizar por meio da internet, da telefonia celular e outros meios digitais, para assim divulgar e comercializar seus produtos, conquistando novos clientes e melhorando a sua rede de relacionamentos.”

O Universo de Marketing Digital

Como você deve ter percebido na primeira definição, há algumas estratégias que estão por dentro de marketing digital, que são nesse caso as “ramificações”.

E como toda e qualquer ramificação, cada uma tem a sua peculiaridade.

SMS Marketing

Young African woman texting on her mobile

O SMS Marketing consiste no envio de campanhas promocionais ou mensagens transacionais para fins de marketing, utilizando como base mensagens de texto (SMS).

Essas mensagens destinam-se principalmente a comunicar ofertas, atualizações e alertas urgentes a pessoas que consentiram em receber essas mensagens da sua empresa.

São aquelas mensagens de descontos e promoção que a Unitel e a Movicel não param de enviar para si.

Marketing Online

Marketing department

Os termos marketing online e marketing digital são frequentemente confundidos e mal utilizados. Mesmo eu que trabalho no sector muitas vezes fico com dúvida sobre que expressão utilizar, escrevo “online” ou “digital?”

Se você também já se deparou nessa situação, saiba que marketing online, também conhecido como internet marketing, é um subconjunto do marketing digital… Deixa que eu explico.

A principal característica do marketing online é que ele requer uma conexão com a internet ao vivo para funcionar (meio óbvio, não é?).

Por exemplo, se você executa uma campanha de PPC (Paid Per Click) para o seu negócio ou seu cliente, está a colocar em prática uma forma de marketing online ou internet marketing.

Social Media Marketing

As principais plataformas de mídia social (no momento) são: FacebookInstagramTwitterLinkedInPinterestYouTube e Snapchat… O Tik Tok, antigamente conhecido como musical.ly merece uma menção honrosa 😉

Há também uma variedade de ferramentas de gerenciamento de mídia social, que ajudam as empresas e profissionais particulares a aproveitarem ao máximo as plataformas de mídia social listadas acima.

Buffer, por exemplo, é uma plataforma/ferramentas de gestão de mídia social, que pode ajudá-lo na distribuição do seu conteúdo nas principais plataformas de mídia social.

 O marketing de mídia social é o uso de plataformas de mídia social para conectar-se com seu público-alvo para criar a sua marca, aumentar as vendas e direcionar o tráfego do site.

 Isso envolve a publicação de conteúdo otimizado em seus perfis de mídia social, ouvindo e engajando seus seguidores, analisando seus resultados e exibindo anúncios de mídia social”.

Email Marketing (não, o email não está morto… Pelo menos ainda não)

Email Correspondence Wireless Communication Concept

Se você consome artigos sobre marketing digital dos blogs e portais americanos mais conhecidos, acredito que já deve ter ouvido a máximo “email marketing is dead!”

Mas deixa-me dizer-te que o email marketing não está morto, pelo contrário, continua a ser uma das estratégias de marketing mais utilizadas.

De forma simples, email marketing é o uso do email para promover produtos ou serviços. 

É o uso do email para desenvolver relacionamentos com clientes ou clientes em potencial.

 O email marketing é um segmento do internet marketing, que abrange o marketing online por meio de sites, mídias sociais, blogs e etc.

É essencialmente o envio de “cartas” feito de forma electrónica em vez do serviço postal.

Ferramentas bastante utilizadas em email marketing são o MailchimpSendinblueSendfox e outras.

Content Marketing & Copywriting

Young African American girl writing notes in restaurant

O marketing de conteúdo não se resume ao digital, na verdade uma das primeiras formas de marketing digital remonta ao século XIX, quando a Michelin emitiu pela primeira vez o “Guia Michelin”.

Embora o termo marketing de conteúdo seja relativamente novo, profissionais de marketing têm vindo a utilizar informações úteis para melhorar receitas e cativar o consumidor.

Em 1900, a Michelin era conhecida pelo seu trabalho inovador com pneus substituíveis de bicicleta .

Eles estavam apenas no começo da produção de pneus para automóveis e precisavam de uma maneira de promover a sua marca e aumentar a demanda pelo produto, daí surgiu a ideia de um guia.

No entanto, haviam apenas 3,000 carros em toda França quando o primeiro Guia Michelin foi publicado.

O objectivo do Guia Michelin era criar demanda por carros, e portanto, por pneus, fornecendo um recurso útil para os proprietários de carros franceses usarem em suas viagens.

A Michelin imprimiu 35,000 cópias do guia e as distribuiu gratuitamente.

O primeiro guia tinha listas de restaurantes, mapas e conselhos para o planeamento da viagem.

Nas duas décadas seguintes, a Michelin passou a distribuiu um novo guia a cada ano, interrompendo apenas seus esforços de publicação durante a Primeira Guerra Mundial.

O Guia Michelin expandiu a sua oferta inicial em francês, adicionando guias para a Itália, Suécia, norte da África e muito mais.

Para mim, marketing de conteúdo (content marketing) e copywriting (escrita criativa ou escrita persuasiva) andam de mãos dadas.

Porque o marketing de conteúdo, é uma abordagem estratégica de marketing focada na criação e distribuição de conteúdos valiosos, relevantes e consistente para atrair e reter um público claramente definido – e, consequentemente, direcionar ações benéficas para o consumidor que possam se converter em lucro para o cliente.

E o copywriting é um aspecto intrínseco no processo de criação de conteúdo… A escrita é a invenção que está por trás de quase toda ação de comunicação.

Hoje, o copywriting é muito utilizado por bloggers, e muitos dos blogs são indexados pelo google… E se de repente quisermos aparecer na primeira página do google? Pois é, você já ouviu falar em SEO?

SEO

Web Optimization Concept Design

SEO é o acrónimo para Search Engine Optimization (Otimização do mecanismo de pesquisa), que é a prática de melhorar ou aumentar a quantidade e a qualidade do tráfego (views) do seu site por meio de resultados orgânicos.

Para melhor entender o significado de SEO, vamos dividir esta definição e analisar em partes:

  • Tráfego de qualidade. Você pode atrair todos os visitantes do mundo, mas se eles estiverem a acessar o seu site porque o Google diz que você é um recurso para computadores da Apple quando na verdade você é um agricultor que vende maçãs, isto não é tráfego de qualidade. Em vez disso, você prefere atrair visitantes genuinamente interessados nos produtos que você oferece, neste caso as maçãs.

Um especialista em SEO faz exactamente isso, ele se encarrega em garantir que os visitantes do seu site ou blog sejam visitantes qualificados, ou seja, que se interessam por aquilo que você oferece.

  • Quantidade de tráfego. Uma vez que você contratou um especialista em SEO, ou você mesmo efetuou a otimização, quanto mais tráfego melhor.
  • Resultados/tráfego orgânico. Tráfego orgânico é qualquer tráfego pelo qual você não precise pagar. É isso mesmo, você pode pagar para aparecer na primeira página do google, o que nos leva para o nosso próximo tópico.

SEM

Se o SEO é algo que você próprio pode implementar sem grandes custos, ou por meio da contratação de um especialista em SEO, o SEM (Search Engine Marketing) que em português seria algo como “marketing de mecanismo de busca” descreve a parte que envolve custo em dinheiro no marketing implementado por meio de um mecanismo de pesquisa.

[Relacionado: O Que Faz Um Consultor De Marketing (Digital)? Descubra Agora]

Para que as coisas não fiquem muito complicadas resumimos em: SEM é a versão de SEO em que você paga aos mecanismos de busca para poder aparecer nos primeiros resultados do google. Sacou?

E isso envolve muitas das vezes o nosso querido amigo PPC.

PPC

PPC, sigla Pay-Per-Click (pago por clique), é um modelo de marketing na internet em que os anunciantes pagam uma taxa cada vez que um de seus anúncios é clicado. 

Essencialmente, é uma maneira de comprar visitas ao seu site (SEM), em vez de tentar “ganhar” essas visitas organicamente (SEO).

A publicidade em mecanismos de busca é uma das formas mais populares de PPC. 

Ele permite que os anunciantes ofereçam lances para posicionamento de anúncio nos links patrocinados de um mecanismo de pesquisa quando alguém pesquisar uma palavra-chave relacionada à sua oferta ou produto comercial. 

TV Ads 

Cada vez mais, muitos usuários têm utilizado serviços de streaming para consumir conteúdos de TV, como Netflix, Amazon Video Prime, Hulu, Crunchyroll e etc. 

Será que esses serviços vão algum dia substituir a TV por cabo ou por satélite? E que rumo tomará as famosas publicidades e anúncios de TV?

Qual é a sua estratégia de marketing digital favorita? Deixa-me saber nos comentários.